sábado, 22 de março de 2008

013 Interminável Rosa


Permite-me que te relembre, é bom ter vida e que quero voltar a ver-te com aquela rosa vermelha na mão. Sinal de paixão, amor pleno, nao por qualquer homem, apenas pela VIDA. Sim meu amor, pela VIDA, a mais curta das disciplinas à qual arranjamos sentidos novos todos os dias.

Estou aqui, mesmo sem o sorriso de circunstância, mesmo com algum químico que me torne mais afável, mas estou aqui, primeiro por mim e depois porque, amando-me, te posso fazer vibrar nessa rosa escondida que te habita. Mulher de inusitadas vontades, de abraçar o desconhecido sem sentido.

Tenho saudades da tua camisa rosa, das formas perfeitas de um sorriso guloso que depois vi esvair-se.

Acredito na felicidade, no Willie Wonka e nos sapateados mágicos do Fred Astaire e deixa que te diga que fazes melhor figura que a Ginger Rogers.

Ah e minha rosa por desabrochar, não me tragas assim para a Terra, temos tempo para os desgostos, as lágrimas e para as tentativas de ir para lá das estrelas olhar pelos vivos.

Não minha interminável rosa não te voltarás a sentir insegura, essa guerra acabou, a luta não tem que ser travada nas trevas. Quando assim tiver que ser e te sentires imóvel, dá-me todos os teus males que, numa luta medonha de capa e espada, as faço dançar o vira para outra constelação. Para sempre, minha rosa, para sempre!

3 comentários:

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Só uma palavra: emocionada!

Um beijo e obrigada por este momento

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Bem...assim, meio que atrapalhada, sem jeito, venho agradecer todo o mimo que me deixaste no poesias... "Bigada".

Não o mereço. Não tenho esse mérito,creio somente que falo uma lingua que , por qualquer razão, tu a entendes,... talvez porque também seja a tua lingua, talvez porque como tu mesmo dizes, somos idênticos na forma de estar e pensar, talvez por ambos sermos do signo carneiro ;-)...

sei que me entendes, que eu te entendo e que tu é que és um doce por me mimares tanto.

V~es...para quê perder tempo com areias e tons cinzentos, quando logo ali ao lado, há um amigo que nos faz sentir tão bem...Obrigada
beijo

haryhanne disse...

sempre gostei dos teus poemas e a bem dizer de tudo o que escreves, e quando te ouvi no youtube a declamar um dos teus poemas, isso para mim foi alegria, porque fiquei com a sensação ainda mais forte de que te conheço pessoalmente , e quero ainda mais uma vez te agradecer o carinho que me fizeste no dia do meu aniversario, obrigada migo e força continua fazendo poesia porque o mundo precisa de pessoas como tu bjs da miga Paula